imagem panoramica

A pós em números



Em todos os níveis de estudo da universidade, a área que teve a maior evolução foi a pós-graduação. Entre 1993 e 2003, o número de mestrados acadêmicos e profissionalizantes e de doutorados passou de 51 para 83 – aumento de 62%. Somente em 2003, passaram a ser oferecidas quatro novas opções de mestrado - Ciências Mecânicas, Informática, Estudos Comparados sobre as Américas e Sistemas Mecatrônicos - e duas de doutorado - Arquitetura e Urbanismo e Comunicação.

Entre 1999 e 2003, houve um crescimento de 39% dos alunos registrados no mestrado e de 70% no número de títulos outorgados no mestrado. Nesse mesmo período, aumentou em 36,4% o número de cursos de doutorado, em 67,6% os alunos de doutorado e em 92,3% o número de títulos outorgados no doutorado. A tabela abaixo mostra o ingresso de alunos nos cursos de pós-graduação stricto sensu (mestrado e doutorado), desde 1999. Esse crescimento representa 500%. No mesmo período, o número de cursos aumentou 164%. O maior crescimento foi nos cursos de doutorado. De 14, em 1994, o saldo foi a 31, em 10 anos.

Alunos Regulares 1999 2000 2001 2002 2003 2004 2005
Mestrado 1863 2105 2332 2348 2541 2743 2936
Doutorado 696 818 932 1179 1174 1282 1425
Total 1559 2923 3264 3527 3715 4025 4361

Além da expansão dos cursos, a pós-graduação avançou também em qualidade. De acordo com a avaliação da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) do Ministério da Educação, referente ao triênio 1998/2000, 70,59% dos programas de pós-graduação tiveram conceitos entre quatro e sete, sendo que os que têm apenas cursos de mestrado só podem alcançar a nota cinco. Na avaliação do período 2001-2003, os resultados são ainda melhores: cerca de 85% dos programas têm conceitos entre quatro e sete, inclusive.

Outro indicativo do amadurecimento da pós-graduação da UnB é o aumento do número de incentivos (bolsas de estudo, de pesquisa e fomento à pesquisa) oferecidos pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq). A UnB saiu de R$ 11,7 milhões em 1999 e chegou a R$ 15,7 milhões em 2002.

 

Fonte: Sistema de Informações Acadêmicas de Pós-Graduação - SIPPOS (Extrator de dados SPL) e Anuário Estatístico 2006.