imagem panoramica

Engenharia de Energia


O que é o curso?
A Engenharia de Energia analisa e avalia processos produtivos e operacionais, com a ótica da otimização energética, e propõe alternativas mais adequadas dos pontos de vista tecnológico, ambiental, social e econômico para o suprimento energético e avalia os respectivos impactos ambientais.

Qual é o perfil profissional?
O engenheiro de energia lida com todas as formas de energia que compõem a matriz energética brasileira - seja ela renovável (como hídrica, solar, eólica ou de biomassa), seja não renovável (petróleo, carvão, gás natural ou material radioativo, como o urânio - usado em usinas nucleares).

Duração do curso
5 anos.

Área de atuação
No setor público, traça estratégias para o setor energético. Planeja, analisa e desenvolve sistemas de geração, transporte ou transmissão, distribuição e uso da energia. Avalia as necessidades de uma região ou setor e desenvolve projetos econômica e socialmente viáveis, sempre buscando soluções seguras e sustentáveis, que não agridam o meio ambiente. Além disso, coordena programas de contenção e uso racional da energia.

Exemplos de atuação
Diagnóstico
Avaliar, selecionar e implantar o melhor tipo de energia - entre renováveis e não renováveis - e as melhores condições de uso.
Planejamento energético
Planejar e coordenar o processo de implantação de usinas e analisar os impactos ambientais, sociais e econômicos relacionados ao local de instalação.
Desenvolvimento de tecnologia
Criar ou melhorar equipamentos para geração, uso final do consumidor e para transformação de energia.

Mercado de trabalho
Seu campo fundamental de trabalho inclui empresas de projetos de engenharia, agências reguladoras, organizações não-governamentais, setor público.